Tratamento fitossanitário

As Normas Internacionais de Medidas Fitossanitárias foram instituídas pela Convenção Internacional de Proteção Fitossanitária (CIPF), vinculada à Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura. Existem várias normas já aprovadas pela Convenção, e a Norma Internacional de Medidas Fitossanitárias n°15 (NIMF 15) tem como objetivo evitar a propagação de pragas florestais quarentenárias entre os países. Assim, esta Norma determina que todas as embalagens de madeira (caixas, paletes, suportes etc) utilizadas no comércio internacional sejam devidamente esterilizadas para eliminar a presença de insetos ou outros agentes nocivos, utilizando um dos tratamentos autorizados pela NIMF 15.

A União Ambiental coloca à disposição das empresas exportadoras embalagens, calços e paletes de madeira com Tratamento Térmico (HT). Este procedimento garante expressiva economia de tempo e de recursos financeiros. Como vantagem superior devemos destacar a preservação e o respeito ao meio ambiente.

A razão disso, é que o gás Brometo de Metila (CH3Br), utilizado nas fumigações, é extremamente nocivo à Camada de Ozônio, já que cada átomo de Bromo (Br) que se desprende do composto é capaz de destruir 6 milhões de moléculas de Ozônio (O3), através de uma reação em cadeia altamente danosa ao ecossistema terrestre. Por esta razão, o Brometo de Metila já foi proibido em diversos países (sua proibição total no Brasil ocorrerá em 2015).

Ao optar pela tecnologia de Tratamento Térmico, em detrimento dos tratamentos com agrotóxico Brometo de Metila, as empresas exportadoras deixarão de emitir toneladas deste agrotóxico por ano.

Para fins de comparação, a cada processo de Tratamento Térmico será evitada e emissão de aproximadamente 7,5 kg de Brometo de Metila.

Nossas unidades de negócio